Metodologias

Trabalhar em equipe para estabelecer com os alunos relações sócio-afetivo, eficazes à construção do conhecimento. Contribuir com o progresso da Educação brasileira proporcionando um ensino de qualidade, capaz de formar um cidadão autônomo, participativo, coerente, consciente de suas obrigações, sendo competente para agir harmonicamente na transformação da sociedade em que vivemos. Desta forma usaremos:

  • Aulas dispositivas dialogadas
  • Jogos e dinâmicas
  • Pesquisas e seminários
  • Visitas
  • Produções escritas individuais e coletivas
  • Atividade extraclasse
  • Filmes
  • Palestras, debates
  • Trabalhos com projetos
  • Dramatizações
  • Interpretação oral e escrita das obras literárias lidas
  • Seminário literário- literatura infanto juvenil e juvenil
  • Musicas

Avaliações

Educação Infantil: será realizada mediante acompanhamento e registro do desenvolvimento do aluno, tomando como referência os objetivos estabelecidos para essa etapa da educação. A avaliação nessa etapa se orientará prioritariamente para o reajuste da ação do professor, da Proposta Curricular e do Projeto Político Pedagógico, bem como para o acompanhamento do aluno em suas conquistas, dificuldades e possibilidades, devendo ocorrer ao do processo ensino-aprendizagem, sendo vedada a sua retenção.

Ensino Fundamental: a avaliação do Ensino Fundamental de 1° ao 9° ano se dará numa perspectiva dinâmica mediadora, respeitando as diferenças individuais em relação à construção do conhecimento e à socialização dos alunos. O educador utilizará diversos tipos de instrumentos de avaliação continua como: relatórios, provas, pesquisas, atividades variadas, avaliação coletiva e vários outros critérios de avaliação reflexivas no refazer dialógico.

A avaliação será contínua processual, acumulativa e diágnostica compreendendo o processo de aprendizagem nos aspectos cognitivos, preponderando os aspectos qualitativos sobre os quantitativos. Englobando:

  • Participação em atividades escolares;
  • Interesse em relação aos conteúdos ministrados;
  • Assiduidade e pontualidade quanto ao inicio, duração e/ou término das atividades educativas;
  • Provas individuais ou em grupo;
  • Trabalhos individuais ou em grupo;
  • Testes individuais, coletivos, orais e escritos;
  • Exposição oral de trabalhos individuais ou em grupos.

Nosso projeto será constantemente avaliado para que nossa prática caminhe na mesma direção que nossa teoria.

No decorrer do ano envolvemos com infinidades de tarefas que muitas vezes nos desviam de nossas metas. Nesse sentido uma avaliação permanente nos colocará novamente na rota estabelecida pelo grupo permitindo que nosso trabalho não desvie do objetivo proposto. Que é o ensino/ aprendizagem.

 

 

Avaliações:

       Educação Infantil: será realizada mediante acompanhamento e registro do desenvolvimento do aluno, tomando como referencia os objetivos estabelecidos para essa etapa da educação. A avaliação nessa etapa se orientará prioritariamente para o reajuste da ação do professor, da Proposta Curricular e do Projeto Político Pedagógico, bem como para o acompanhamento do aluno em suas conquistas, dificuldades e possibilidades, devendo ocorrer ao do processo ensino-aprendizagem, sendo vedada a sua retenção.

       Ensino Fundamental: a avaliação do Ensino Fundamental de 1° ao 9° ano se dará numa perspectiva dinâmica mediadora, respeitando as diferenças individuais em relação à construção do conhecimento e à socialização dos alunos. O educador utilizará diversos tipos de instrumentos de avaliação continua como: relatórios, provas, pesquisas, atividades variadas, avaliação coletiva e vários outros critérios de avaliação reflexivas no refazer dialógico.

       A avaliação será contínua processual, acumulativa e diagnostica compreendendo o processo de aprendizagem nos aspectos cognitivos, preponderando os aspectos qualitativos sobre os quantitativos. Englobando: